sábado, 30 de agosto de 2008

No bem bom!

É tão bom acordar na minha caminha feita de espuma da NASA, com a minha gata às 6h da manhã a correr que nem uma doida do escritório para o quarto, do quarto para a sala a derrubar tudo o que lhe aparece à frente e mais importante, dormir com um lençolinho tapada até às orelhas, porque aqui não faz o calor desgraçado que faz em Sevilha! Hum...voltei ao paraíso!

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

JÁ LHES DISSE QUE VOU DE FÉRIAS???????

Gonna do the limbo! Gonna do the limbo!

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Dois!!!!!! Uhuh!!

All abord, the night train!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Quatro! Quatro dias para mis vacaciones!

Já estou em pulgas!!! Já nem durmo! Hoje até fui trabalhar mais bem disposta e tudo, pelo menos não mandei vir com ninguém!

Gosto, pronto!

Quando estamos na praia da Isla Canela, passa um "abençoado" moçoilo português a gritar: "Bóoooliiiiiinha! É con crema e sin crema!" Começo a babar, o Sr. oferece o belo do bolinho porque conheceu o meu Ninja noutros tempos.
Só me dou com pessoas influentes! Muito à frente!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Ai g'anda Nelsón!

Só uma notinha a este respeito: é gente assim que nos faz ter orgulho. Já sabemos que os nossos atletas são uns pobrezinhos, que não têm apoios, que nenhuma empresa lhes liga, que não podem sobreviver do desporto pelo qual competem, já sabemos isso tudo e até estou de acordo em certa parte. Mas há que erguerem-se e dizer: "Eu não sou um coitadinho, sou capaz de fazer tão bem ou melhor que os outros!" E tal como o amigo Nelsón diz, "há que lutar pelos nossos sonhos". Julgo que é isso que os atletas kenianos, cubanos, jamaicanos fazem e saiem-se bem. E se calhar nem treinam em pistas como as dos nossos atletas, ele é ve-los a treinar pelos matos dos seus países...
Mais uma coisa: Oh Nelsón, atão um rapagão como tu, a chorar que nem uma menina? Deixa que chegue o hino...

A deitar fumo pelas ventas!

Hoje aproveitei para ir ao banco. Ao contrário daí, fui sugadita sem esperar que uns malvados quaisquer me fizessem refém e tardasse a sair de lá. Pronto, fui mesmo sem a emoção do perigo. Mas enganei-me, que o perigo aqui espreita a cada esquina e malvados há por todo o lado!
Saí do banco já a deitar fumo pelas ventas, já que me cobraram 15€ por uma porcaria de um Certificado de Não Residente que nem sequer tinha pedido, ao qual lhes respondi com um sonoro "Eso es discriminación!". Passando à frente, que esta história é muita longa (já me ando a debater com isto desde Abril) e difícil de explicar, tinha o belo do carrito aparcado mesmo em frente ao banco. E eu juro que até sou cumpridora, ah pois sou, mas como o raio do carro estava mesmo em frente e yo no tenia monedas...
Saio, vejo um papel, reajo com naturalidade, como se não fosse nada. Mas tenho que o tirar dali para ver o que é...saco-o e vejo assim de uma mirada...50€...Ãh??? 50€, quê?? Ah tá claro! Era mesmo o que me faltava!! Um raio de uma multa que um palhaço me tinha passado! Na minha terra esta gente tem um nome: Bron...Cabrón!

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Madre mia!

Este fim-de-semana fui al cine con mis padres. Foi interessante. A película em espanhol, a Múmia, 20 pessoas na sala contando já connosco, todas com pipocas e bebidas. No final do filme, as luzes acenderam-se e voilá! Panorama de guerra, destruição, vandalismo! As 17 pessoas restantes conseguiram transformar em menos de duas horas, uma sala de cinema num campo de batalha! Ele era saquinhos de gomas, ele era copos de coca-cola pelo chão, ele era um montón de palomitas tiradas por el suelo...enfim muito degradante. Levou-nos a pensar como podiam desperdiçar tantas pipocas...e chegámos à conclusão que de certezinha que apanham um punhado e as atiram à cara. O que entrar na boca entrou, o que não, cai ao chão e já tá! Ainda bem que não havia muita gente, já que quando fazem isto concerteza que o pessoal que está na fila detrás leva com o lançamento falhado das pipocas...
Muito práticos estes espanhóis!

Faço as malas?

Pois o resultado é que lhe disse que:" Siento que no me escuchas!"
Houve um momento de espanto, de reflexão e já de expectativa...respondeu-me: "Ah si? De verdad? No me habia dado cuenta..." Pois claro! O certo é que me disse que ia estar mais atento a algumas situações semelhantes às que lhe expus. Eu cá pra mim, em pouco tempo vou recambiada para Portugal...mas pode ser que seja um tipo às direitas e que aceite bem as críticas!
A ver.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Agora Escolha

Hoje tive uma reunião com o meu director. Às páginas tantas, já depois de transcorrido um certo tempo, pergunta: "Y a respecto del cambio de director, no tienes nada que decir? Bem...em cinco segundos sem lhe responder, cheguei à conclusão que tinha três opcões:
- armar-me em lambe botas e quedarme bien delante de el
- armar-me em sincerazinha e dizer-lhe todo
- fingir que me deu uma dor de tripa e sair a correr a gritar Ai, Ai, Ai, Ai!
Pois, conhecendo como me conhecem, que acham que fiz???
Futuramente novos desenvolvimentos desta situação. Para que sintam o suspense deste blog!

terça-feira, 12 de agosto de 2008

História da tonta

Rapariga gira, morena, bem torneada, de andar atractivo e roliço...dirige-se tranquilamente ao chuveiro. Por onde passa, deixa as pessoas ao seu redor com olhares de interrogação. O sol bate-lhe na pele e ao girar a torneira, as primeiras gotas de água doce e cristalina caem-lhe sobre o cabelo e a pele sedosa. Sente-se incomodada porque pressente que continuam a olhar para ela. De repente começa a entender o porquê de tanta atenção... esqueceu-se de tirar os óculos de sol!
Excusado será dizer que já nem entrei na piscina, fui directamente para a toalha bem ao fundo do recinto e se tivesse um buraquinho onde me enfiar, ainda lá estava...um sucesso esta vossa amiga!

sábado, 9 de agosto de 2008

A contar os dias...

Para as minhas ricas e merecidas férias...

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Tentar novo negócio

Aqui en España são uns aficcionados do tuning. Ele são carros aos desenhos, com chamas, vidros escuros, spoilers gigantes, um alta som ambulante, luzinhas azuis, roxas, assentos à carro de corrida, enfim uma panóplia de alterações que deixam os carros mesmo...feios!!
Vai daí lembrei-me de um amigo de algum tempo, que tem uma certa pancada por... jipes! Ele são jipes pequenos, miniaturas, verdadeiros e grandes, em real estado de degradação, enfim...nada que se entenda muito bem. Mas pronto, ok, cada um com a sua...chega a encomendar por Internet e fica ansioso que cheguem os seus brinquedos. A última vez que me recordo, recebeu uma lona para restaurar um jipe com...sei lá, umas dezenas de anos!! Achei piada, porque parecia uma criança a desembrulhar o pacote que vinha de England...parecia outra vez uma criança, quando viu que aquilo não era o que queria e que nunca ia poder utilizá-lo como queria.
Pronto, só pa dizer que se precisares de uns neóns para algum jipe, talk to me. Concerteza ficava um must!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Ãh???

Vinha das compras, tinha o carrito estacionado no parque de estacionamento do supermercado e claro está, carregada que nem uma mula. Estava eu a chegar ao coche pára um cromo de moto ao meu lado e pergunta:
"- Perdón, usted trabaja en el Carrefour?"
Eu até podia perceber a pergunta se estivesse vestida de uniforme azul. Saíta azul, camisa às riscas azuis e vermelhas, lenço vermelho, sapatinho também azul...mas não!!! Calçita de ganga, umas sandalocas e camisolita de alça, pronto, mesmo à verão e à brasa do caraças! Disse-lhe que não. Não convencido, pergunta:
" - Pero en la agencia de viajes del Carrefour si, no?
Mas este gaijo tá a gozar comigo??????????? Respondi-lhe em português:
" - Olha vai dar uma volta ao bilhar grande, que eu não tenho paciência para malucos!
Lá deu meia volta e seguiu caminho.
Cromo!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Mas porquê????

Da última vez que tentei, não ficou como é normal. Tardava muito a obter o resultado esperado e comecei a achar estranho...tive que solucionar a coisa de outra maneira, todo o trabalho dispendido foi pelo cano abaixo! Obviamente fiquei traumatizada...mas alguns anos depois, resolvi tentar outra vez. Ontem enchi-me de coragem e lá vai disto, decidi que tinha que enfrentar os meus medos. Ficou um bocadinho de nada melhor que da outra vez, mas mesmo assim... tenho que comer a gelatina tutifruti por uma palhinha!!!!!!

domingo, 3 de agosto de 2008

...fosga-se!!!

Já não sei onde me meter, com o raio do calor que está... esta noite cheira-me que vou dormir no chão directamente em cima do mármore. Pode ser que amanhã acorde toda torcida, mas ao menos frequinha!
A minha gata levou o dia todo estiraçada em cima da cama...até parece que está aparvalhada...pudera, se eu tivesse aquele pêlo seguramente pingava...mais! O negócio da sauna aqui não deve resultar...sua-se que nem um cavalo gratuitamente!
Vou fazer gelo. Pode ser que ajude de alguma maneira.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Cada vez dou menos razão à médica maluca!

Faltava meia-hora, uma simples meia-hora para sair! Entro na recepção, dou de caras com um dos seguranças do meu local de trabalho "tirado en el suelo", camisa aberta, com cara de aflito, suando...de volta dele já estavam dois colegas meus e o outro segurança. Andava tudo às aranhas sem saber o que fazer, super nervosos, mas tentando ajudar. Chamaram a ambulância. No meio de isto tudo mantive-me calma, aliás como acho que é normal em mim.

Lembrei-me outra vez de uma parva de uma médica que uma vez, ao olhar para o meu electrocardiograma e para a minha pessoa (é certo que cheguei atrasada e como ia a mil à hora, não parava de falar),me disse:

" - Vejo que tem um pouco de hiperactividade...aconselho-a a inscrever-se em aulas deYoga para relaxar, ser mais tranquila...combater um pouco essa energia excessiva."

Como????? Hiperactividade??? Yoga??? Nem que me paguem!!! Que chatiche, que aborrecimento, com que neura sairia!!! Quem tem paciência para essas coisas? Música de adormecer e movimentos de pesadelo em que ficas toda torcida??? Naaa...

Ela deve ter visto todos estes pensamentos expressados em 5 segundos na minha cara e disse-me:

" - Hum, fazia-lhe bem...mas pelo que vejo sairia mais stressada do yoga.Pronto deixe lá, tente fazer exercício que lhe ajude a relaxar-se e a gastar essa energia."

E receitar-me umas massagens não?????

Isto para dizer que não preciso cá de yoga para ser calma! E no final, o compañero ficou bem. Paragem de digestão, como eu até tinha sugerido...