domingo, 28 de dezembro de 2008

Rescaldo do Natal

Um casaco, o mais lindo do mundo!
Umas peças decorativas, mesmo ao meu gosto, moderninhas, moderninhas.
Uma carteira, a dar o toque de senhora crescida que ainda assim gosta de florzinhas.
Livros, aventais, numa de ou tás de relax ou tás (ou deverias estar) a cozinhar.
Dinheirito....muy bueno! Agora é a indecisão de comprar o quê. Entre uma moldura digital e roupa, a coisa está renhida...
And so on, and so on...
Agora venha o 2009! Vou passar sem o meu Ninja, o que me molesta mucho, mas azari ele vai estar a trabalhar e eu a bailar!!! Uhuh!

domingo, 21 de dezembro de 2008

Com Lindor, a vida é melhor

Começou em Aljustrel. Pensei logo: "tou fu* up". A ideia de faltarem ainda cerca de 3 horas fez-me desesperar cedo. Não é que não houvesse solução, que havia, mas estar a cortar o "rally" em que sempre me imagino, só para entrar numa estação de serviço, chateia-me. Vai daí disse para mim mesma que ia conseguir aguentar que nem uma mulher!
Ele foi falar com mãe, com o Ninja, cantar, gritar, insultar...tudo com vista a não me desconcentrar do objectivo, chegar à casa de Sevilha. Mas cada vez a coisa ia apertando mais e já a 50kms, tinha vontade de chorar com a bexiga mais cheia que um peixe-balão. Aguentei!
O problema foi quando tive que sair do carro. É que até então ia sentadinha. A bexiguita ia aconchegadita, mas no momento em que me levantei...AI SENHORES! Não é que a gravidade me estava a tentar sacar o pis ao seu mais alto nível?? Pois da garagem, tive que passar pelo elevador, por um corredor enorme, sacar da tarjeta, abrir a porta e aí sim...correr para a abençoada casa-de-banho. Pelo caminho consegui...não fazer tudo...só umas pinguinhas...não está mal ãh?

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Sorriso amarelo para não ser uma pessoa desagradável.

Chego ao Vet e vejo dentro de um transporte, um gatinho IGUAL ao Blacky quando ele pesava menos que um alfinete. Achei-lhe tanta graça que a primeira reacção super entusiasmasta foi mostrar ao meu gato, o "gémeo" dele. Assim numa de confraternização felina. A primeira coisa que saiu da bocarra da dona do outro foi "No es muy sociable".
"Pois claro que não, senhora. Com uma dona assim, que parece um bulldog e que em vez de falar, ladra, é normal que o gatito sinta os seus receios em sociabilizar." Em vez disto, saquei do meu sorriso amarelo e afastei o meu amável e simpático gato do outro fascista!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Joder!!!!!!! Hace un frío de P* Madre!

E por isso tenho chegado e enrolo-me nas mantas. É que se ponho as mãos de fora para escrever o que quer que seja, caiem-me os dedos. Por isso, até que não venha outra vaga de calor ( coisa que nesta terra não é nada complicado, ainda há três semanas o people andava quase de manga à cava) dudo muchísimo que consiga expressar algo que não seja: "JODER! Hace un frío de P* Madre!!!!"

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

FELIZ NAVIDAD, TURUTURUTU,FELIZ NAVIDAD, TURUTURUTU, FELIZ NAVIDAD, PROPERO AÑO Y FELICIDAD!

Já chegou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Adoro e proibi o meu Ninja de fazer a árvore sem mim!
"Parece" que está um bocado sem sal, mas é mesmo só na foto. Na realidade está buéréré de gira, ou não tivesse sido feita por la je...à meia-noite... pronto, tá bem...e uma ajudazita do Ninja... mas o bom gosto, todo meu!