sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Carta aos Srs. Motoristas de Pesados

As minhas viagens entre casa e Sevilha, Sevilha e casa sempre foram muito interessantes. Graças a vocês Srs. Motoristas de Pesados. Nesta última então, esmeraram-se. Ainda ia em Alcácer e já dois se tinham manifestado.
Agradeço bastante o apreço que me demonstram e não querendo ferir susceptibilidades ou parecendo algo ingrata, queria diigir-vos dois pediditos. Assim modestos, modestos. DÁ PARA PARAREM DE ME INCANDEAREM COM OS SINAIS DE LUZES E DE BUZINAREM QUANDO ESTOU AO VOSSO LADO A ULTRAPASSAR? É que o mínimo que acontece é apanhar um cagaço do catano e salto do banco cá com uma pinta que quase bato no tecto com a moleirinha.
Agradeço a atenção e desejo a todos que continuem por essas estradas fora a fazer feliz o ego de uma mulher.

2 comentários:

Cat disse...

É sempre bom não é, são uns amores!!! eheheh

Pronto já me actualizei, prometo não estar tanto tempo sem visitar o teu blog ;)

E por falar em viagens a Sevilha lembro-me bem na 1ª vez que te fui visitar logo no final de Abril, um calor...e que foi quando começas-te este blog.
O tempo passa mesmo rápido, mas ainda bem que já cá estás de volta!

Beijinhos

Bola de Berlim. disse...

Bem comigo é mais os homens do talho ... xiii raça desgarçada. No meu caminho até ao BUS tenho que passar por uns qtos talhos... as coisinhas que eu oiço, my g
God!

Beijos