quinta-feira, 12 de novembro de 2009

E afinal quê?

Ontem ia acabar o mundo, ia haver um cataclismo e hoje, neste preciso momento, já não estaríamos aqui. Apenas uma terreola perto de Fátima se ia salvar. Não entendo bem porquê...iria haver um tornado e quando chegasse ali, metia a marcha atrás e lá se ia ele? Ou uma inundação com direito a vaga gigante que quando se deparasse com a terreola fazia marcha à rés e vá de tornar-se num remoínho seguindo noutra direcção? Um metreolito (private joke)? Um terramoto? É bem provável...é provável que existam preferências pelas forças da Natureza e aí decidem:"Vamos rebentar com isto tudo, mas olha que o pessoal ali daquela terrinha é gente boa, deixe-mo-los continuar com a sua vidinha." É deve ser...eu é que não me deu tempo de chegar lá e ainda assim os bons, os maus, os novos, os velhos... ainda continuam todos por aqui. Enfim, há com cada apanhado do clima...

Sem comentários: