terça-feira, 9 de março de 2010

Ah pois claro!

Depois de dois dias a fazer caminhadas ele era de dia, ele era de noite, de meter um pé e tornozelo inteirinhos dentro de uma poça de lama, de orientar-me com mapinhas cheios de linhas, bússulas, talki-talkis, GPS's portáteis, jantaradas e almoçaradas, dança, chopitos, deitar-me às 4h e abrir a pestana às 8h para ir contruir uma jangada para 25 pessoas e atravessar o rio Tua de uma margem à outra, isto quase sempre a chover...é que não havia outra...não há antigripe e maxilase que me valham!É mesmo caso para dizer:
- "Então para onde vais?"
- "Huhu! PÁ FESTA!!"
- "E de onde vens?"
- "Do meio do mato, com as pernas todas arranhadas das urtigas, picadas de insectos, calças e pés encharcados, uma dor de garganta de bradar aos céus e a trabalhar! Uhuh!"
Mas o que fica é o espírito de equipa. Até o formador se chateou porque diz que não conseguimos trabalhar uns contra os outros. Uhuh, viva a nós...

Sem comentários: