quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Amor de gatos

Ela chegou cá a casa pequenina, pequenina. Estava muito nervosa e parecia uma louca a cheirar tudo e todo o lado da casa. Fugia de nós, andava em modo caça e escondida. Espreitava, farejava, as orelhas sempre de um lado para o outro. Na primeira noite, enrolá-mo-la numa manta e deitá-mo-la numa caminha que tínhamos comprado de propósito para ela. Colocámos-lhe um relógio a fazer tic tac, dizem que se parecem ao bater do coração das mães gatas.

Ele estava mal, coitadinho. Era  do tamanho de uma mão e tinham-lhe cortado a cauda, ainda estava em ferida. Gente malvada...Estava a tremer com o frio da noite de Sevilha. Estava magrinho, magrinho...mas tinha uns olhos lindos e olhou para mim quando me cheguei ao pé dele. Peguei nele, não o consegui deixar mais...era tão frágil...a veterinária confirmou: " Un día más en la calle y no iba a aguantar...". Primeiro foi Xena, a veterinária disse: "No estoy segura pero si que me parece una hembra." e depois porque desde o primeiro momento se mostrou com muita força de viver. Na primeira noite que passou comigo, também o enrolei numa manta e abracei-o deitada no sofá. Quando olhei, estava a olhar para mim e suspirou...afinal era um gato e sabe que o salvei.

Quando os apresentámos cá em casa e quando voltei de Sevilha, a gata como boa fêmea, fez-se difícil. Soprou, deu-lhe patadas, fez FUUUuuuuu....e fugia dele. Ele só quería brincar com ela. Andava sempre(!) a meter-se com ela, tentava dormir ao pé dela...ela foi cedendo e chegou uma altura em que já não passava sem ele. Via-se o nervosa que ficava(fica) quando ele vai às escadas e não aparece. Lambe-o, lava-lhe as orelhas, as patitas. Ele o mesmo.

São inseparáveis e são os nossos gatos. São meiguinhos entre eles e connosco. E estou convencida que isto é amor.


5 comentários:

Beu, a Ruiva. disse...

Que bonitos... são meiguinhos sim senhor. Lo que más me encanta es blacky.
Besitos

La Sevilhana disse...

Ai as preposições...são difíceis sim senhor. "lo" não, "el que más..."

Besos guapa.

Susanna Rush disse...

Estou encantada! Os animais sentem e percebem quem os salva e quem lhes quer bem. Muito bem.

Coisas Boas disse...

Tão giros que eles estão aqui!!!!
e sim...é amor!!!

Porque um dia me perdi... disse...

Coisas mais lindas :)